Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Texto "O Chupa-Tinta"

PAPAI é livreiro. Adora livros. Ele os devora. É um ogro. Lê o dia inteiro e às vezes até mesmo à noite. É uma doença incurável, mas isso não parece preocupar muito o médico de nossa família.Toda noite uma nova pilha de livros desembarca em casa. Há livros por toda parte, até no banheiro. Uma invasão. Impossível reclamar. Para papai, os invasores sempre têm razão. Ele fala com eles como se fossem seres humanos. Inventa nomes para eles e os chama de meus livrinhos. Todos os livros são seus amigos.Quanto a mim, não tenho amigos. E também não gosto dos livros. Por fora, pareço com papai. Mas por dentro, aí sim, somos dois estranhos.Mamãe faz de conta que não percebe. Ela gosta de nós dois. Eu sou o menor, mas ela não me defende nem mesmo quando papai quer me forçar a ler, você acredita?As férias acabaram de começar. Não sei o que fazer. Então ajudo papai na livraria. O que faço? Não muita coisa. Ele me proibiu de arrumar a até mesmo de tocar o que quer que seja. Parece que o papel não resiste muito a mim. É verdade que adoro ouvir o barulho de uma folha se rasgando. É belo como um trecho de música.Então observo os ladrões. É a única coisa que me diverte numa livraria. Quando um livro desaparece no bolso de um larápio eu não digo nada. Fico mais é contente. Um invasor a menos! Mas isso só acontece raramente. Em geral, papai detecta os ladrões no momento em que entram na loja.A maior parte do tempo vigio os leitores. Conheço todos eles. Eles têm seus hábitos. Alguns farejam os livros como se estivessem escolhendo um queijo camembert. Outros se servem ao acaso. Eles adoram surpresas. A livraria é uma loteria! E também há aqueles que nunca conseguem se decidir. Pegam. Devolvem. Pegam de novo. Por fim mudam de ideia e colocam o livro no lugar. Muitas vezes saem de mãos vazias, constrangidos por não terem comprado nada.Tenho um esconderijo, no fundo da loja. Uma pequena janela se abre no meio de uma parede de livros. Ninguém pode me ver. Sou um espião. Em um caderno, anoto nos mínimos detalhes o que observo. Um dia vou colocar tudo isso num livro, quem sabe? Mas isso me espantaria, pois a gramática e eu não nos entendemos.Ei!, um novo cliente. Esse eu não conheço. Nunca o vi no bairro. Talvez ele tenha acabado de se mudar. A cabeça dele é engraçada. A pele é cinzenta, sobrancelhas em rebuliço e um ar completamente perturbado. Então ele se entrega a uma curiosa manobra. Parece flutuar a dez centímetros do chão. Como um fantasma. Acho bizarro o comportamento dele.Vi, com meus próprios olhos, o cliente desconhecido beber um livro. Não, não estou delirando. Durante cinco minutos, ele passeou entre as estantes. Com os olhos fechados, movimentava-se em silêncio, os braços estendidos à frente. Era como se escutasse o ruído dos livros.Subitamente, pegou um livrinho e tudo ficou ainda mais louco.Ele não o abriu. Apenas separou as páginas do meio e ali, na fenda que se formou, plantou um canudinho que acabara de tirar do bolso. Sua boca se pôs a aspirar. Em seu rosto havia satisfação, como se dentro do livro houvesse suco de laranja com pedras de gelo. É preciso dizer que estava muito calor; um clima não muito propício para se aventurar numa livraria.Soltei um gritinho de estupefação. Eu sei, não deveria ter feito isso.Ai! Acho que ele me ouviu. Ele colocou o livro no lugar, guardou seu canudinho e dirigiu-se para a saída.Logo em seguida saltei de meu esconderijo para examinar o livro no qual o canudinho havia sido inserido. Não tive dificuldade para encontrá-lo. Estava mais fino que os outros e tinha uma consistência meio elástica. Ao levantá-lo, achei que era de uma leveza extraordinária. Se por acaso uma corrente de ar tivesse passado pela loja, ele teria sido levado por ela.E, quando o abri, quase desmaiei. Estava vazio. Nas páginas não restava nem uma palavrinha.O estranho cliente havia bebido toda a tinta do livro.

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Twitter

Pessoal eu descobri como você ganhar mais de 1000 seguidores no seu twitter.Você se cadastra no site abaixo com o login e a senha do seu twitter e demora mais ou menos um mês para você ganhar os seguidores. https://docs.google.com/spreadsheet/viewform?formkey=dFlPaDltRDJyYlZHYXhJTXJnU0kwLVE6MQ

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Eu

Nesse fim de semana eu fui na casa do meu amigo João Ricardo jogar bola.A gente jogou a tarde inteira e sem querer eu dei uma joelhada nele kk.Depois eu fui na casa da minha tia e brinquei com meus primos,tava muito legal.